Diário da Gravidez: semanas 26 à 29

Semana 26

Foi a semana de volta ao trabalho, muita correria pra dar conta de tudo que ficou acumulado, sem falar que a tosse ainda não foi embora 100%.

Também tive duas vacinas pra tomar nessa semana, a da gripe, porque o médico indicou que eu tomasse pra evitar de pegar outra gripe como a da semana passada e a de Whooping Cough, que pelo que pesquisei em português é coqueluxe.

Resultado: dois braços doloridos e duas noites sem dormir direito já que a única posição que consigo dormir, confortavelmente ainda, é de lado.

Estamos na fase de escolha do nome, mas tem dado muito trabalho porque eu e o Junior não conseguimos concordar em nenhum deles. Ou são muito ingleses, ou são muito brasileiros, ou muito modernos e diferentes fazendo com que fiquem estranhos em uma lingua ou em outra, ou ainda, muito tradicionais e metade das crianças da face da terra compartilham dele. Até o momento tem sido tarefa impossível!

Ainda temos mais três meses pra resolver, mas é um assunto que está me deixando ansiosa.

Tanta coisa ainda pra arrumar, comprar, decidir. Queria muito entrar no oitavo mês com praticamente tudo pronto, porque sei que vou estar mega cansada e pesada pra ficar atrás de compras e ultimos detalhes. Vamos ver se vou conseguir. Semana que vem entro no sétimo mês, então tenho 4 semanas inteiras pra correr atrás do que ainda falta, aproveitando que é feriadão de Páscoa pra bater perna.

Sinto como se estivesse explodindo. Minha barriga aumentou consideravelmente de uma semana pra outra e o simples ato de me virar na cama se torna um sacrifício. Já engordei 8kg até então e agora entro na fase que o bebê engorda mais, então acho que vou passar dos 12kg com certeza. Essas duas últimas semanas foram um choque! Engordei 1kg por semana!!!

Confesso que não tenho cuidado muito a alimentação, como sim muita salada e frutas na hora do almoço, mas à noite estou enfiando o pé na jaca! Meu maior problema tem sido o doce. Mas não vou entrar nessa neura, essa semana foi de muita comilança, afinal, é feriado de Páscoa, então deixei rolar e aproveitei mesmo.

Apartir da semana que vem as coisas mudam de figura e vou cortar muito doce e carboidrato da minha dieta, porque 1kg por semana não dá mesmo pra continuar engordando.

Até já comprei uma balança nova e o retorno à natação já está marcado. Xô preguiça!

Semana 27

Semana de visita a midwife, exames de sangue el geral. Comentei sobre as minhas dores nas costas e fui encaminhada para a fisioterapia. É uma sessão em grupo e pelo que já vi na internet nada parcido com o que a gente conhece como fisioterapia no Brasil, por isso não vou elevar minhas expectativas.

image

O bebê está crescendo um pouco acima da média. Tudo indica que será um bebezão. Tá explicada a sensasão de que estou explodindo!

image

Estou pesando 63.8kg, por enquando só tive uma estria no seio, nada ainda no resto do corpo, mas se vier faz parte. Uso muito cremes e óleos no mínimo duas vezes ao dia e estou tentando me policiar a beber mais àgua. Ter voltado à natação também está me ajudando a e manter mais ativa e a dormir melhor. Como exercícios na àgua faz bem pra gente, neh? Adoro!!

Semana 28

Nada de muito importante essa semana, muito trabalho e as dores nas costas tem piorado consideravelmente. Principalmente à tarde no trabalho, surge uma inquetação vinda da dor que parece que tem hora marcada, antes das 3pm já estou me contorcendo na cadeira, sentando, levantando, caminhando, alongando. Contando os minutos pra chegar às 5pm e eu correr pro meu banho quente.

Vou ver se arrumo uma bolsa de àgua quente extra pra ter no trabalho, pra ajudar a alivira as dores nessas horas.

Estou pesando 64kg e ter controlado a alimentação ajudou a controlar também o aumento de peso. Foram só 200 gr de uma semana pra outra. Fiquei super feliz.

O nome?  Não, ainda não escolhemos. Estou seriamente pensando em começar a mentir oara as pessoas que é surpresa. Estou ficando constrangida com tantas perguntas sobre o assunto e comentarios sobre a criança nascer sem nome. Ta ficando chato, sério. As pessoas podiam parar de perguntar, neh? Afinal quando escolhermos e se quisermos iremos anunciar.

Semana 29

Nada de muito novo em relação aos sintomas de gravidez, as dores nas costas continuaram e fui a tal sessão de fisioterapia no hospital.

image

Era, na verdade, uma palestras pra várias grávidas juntas de o que é PGP ( pelvic gurdle pain) sintomas e o que pode ajudar a aliviar os sintomas, que são, basicamentr, dores no cocxis, bacia e pelvis.

A sessão durou uma hora e nos venderam ( opcional) um cinto para usar que ajuda na estabilização da pélvis ao caminhar. Passaram uma lista de exercícios pra fazer em casa e pronto.

image

Tenho feito os exercícios por alguns dias, mas nada que tenha um resultado OH!

Ganhei uma bola de pilates da Re e tem ajudado bastante nas horas de fazer os exercícios essa acho que vou usar até o finalzinho.

image

O acontecimento mais interessante dessa semana foi a sessão de fotos que fiz com a Samanta. Ai que dia longo e cansativo, mas valeu muito a pena. Fiquei super feliz com o resultado. Combinamos uma sessão interna e outra externa, já estou super ansiosa para a próxima.

image

 

Diário de Gravidez: semana 22 à 25

Semana 22

Começamos a semana 22 recém chegados do Brasil e direto para o hospital para o repetir o exame morfológico aqui, simplesmente porque é a última ultrassonografia qur o sistem público de saúde proporciona se está tudo correndo bem com a gestante e com o bebê. E também achei que seria bom ter os exames daqui e não somente o do Brasil no meu pre-natal.

Chegamos no aeroporto ao meio-dia e meio e a consulta era às três e meia, foi super corrido, deu tempo de chegar em casa, largar as malas e correr pro hospital.

Assim como os exames do Brasil, tudo certo com nosso bebê e o meninão está saudável e saltitante.

Senti muito cansaço essa semana, viagem longa, volta ao trabalho, fuso horário, mas feliz em retomar a rotina e poder começar a planejar o quartinho e fazer compras do bebê.

Semana 23

A semana 23 veio e foi sem muitas emoções. Trabalho, casa, casa trabalho. Tenho se tido muita asia, mas isso já vem desde a semana passada e minha dor nas costas, principalmente no cocxis, pioraram, provavelmente devido as longas horas sentadas na cadeira do escritório.

Tenho tentado me policiar para dar várias caminhadas durante o dia e fazer uns alongamentos, mas não tem surtido muito efeito.

Também passei a acordar mais vezes para ir ao banheiro e tive muita dificuldade de voltar a dormir depois. Insonia, minha nova companheira.

Essa semana também comprei a primeira roupinha de menino.

Semana 24

Semana de muitas comprinhas pro bebê! O quartinho também está tomando forma e  bebê já tem onde dormir nos primeiros três meses.

No trabalho muitas mudanças, gente saindo, gente nova chegando, mas minha gerente não quis me dar nenhum projeto novo além dos que já tenho, pra não me sobrecarregar nessa fase final da gravidez. Achei muito bacana da parte dela já que realmente tenho me sentido bem cansada, como se minha energia não fosse tão longe. Ao final do dia estou morta!

No final da semana, peguei uma gripe que me deixou de cama. Começou na quinta com dor de garganta e foi evoluindo durante o final de semana para uma infecção no pulmão.

Semana 25

Comecei a semana no médico. Tive consulta com a minha midwife e também como o médico já que minha gripe piorou.

Resultado: antibiótico e uma semana em casa de repouso.

A consulta com a midwife foi de rotina e além do exame de urina e ouvir os batimentos do bebê não trouxe grandes novidades. Peguei o formulário para dar entrada na minha licença maternidade e só.

O resto da semana passei em casa, tossindo até não poder mais, com muita dor nas costas e no peito devido ao esforço da tosse.

Até um musculo da virilha parece que destendeu, tamanha força tenho que fazer. As crises de tosse vem com tanta intensidade que me fazem vomitar. Horrível. Haja mel, limão e gengibre pra tanta tosse.

Dormir tem sido um pesadelo, sem querer exagerar, mas de longe essa foi a pior semana da gravidez até agora. Uma peninha do meu filho, fico imaginando como essa tosse toda e minha gripe afetam meu bebê.

O nome é outro assunto que está ainda em discussão, os que eu gosto o Junior não gostae vice-versa. Como é difícil escolher o nome de uma pessoa!!

 

 

Diário de Gravidez: semanas 18 a 21

Semana 18

Parece que foi ontem que descobrimos que eu estava grávida e já estou na 18a semana! Bem que dizem que depois que passa o primeiro trimestre as coisas voam.

Essa semana estamos indo ao Brasil e vamos contar pra família a novidade. Estou super ansiosa pra ver a reação deles.

Também foi nessa semana que senti o bebê mexer pela primeira vez!! No início fiquei meio na dúvida, já que parece muito com gases, hahaha, mas no fundo sabia que era diferente.

image

Minha midwife já tinha me alertado que eu poderia sentir o bebê a qualquer momento, mas só tive certeza mesmo lá pro final da semana. É um borbulhozinho, de leve, bem embaixo na barriga.

Sempre que ele mexia eu ficava parada aguardando o próximo movimento, mas eles ainda são bem irregulares e nunca se repetiam.

Semana 19

Essa semana foi super agitada, chegamos no Brasil. Minha mãe e meu primo foram buscar a gente no aeroporto e por mais que eu tivesse usando uma roupa bem justa, que mostrava bem as minhas 19 semanas de gestação, minha mãe percebeu.

image

Quando chegamos em casa e Junior perguntou se eles não haviam notado nada de diferente em mim, ela logo falou que eu estava de óculos novo. (risos)

Demorou alguns segundos para cair a ficha e foi só alegria! Muitos abraços, beijos e boas energias.

image

Também conheci minha sobrinha Laura e fiquei apaixonada. Fico imaginando se terei um menino ou uma menina. Vindo com saúde, isso realmente não importa, mas acho que é uma menina, fofa como a Laura.

Essa semana senti muita dor na lombar, a impressão que tenho é que está abrindo, já que a dor no ossinho final da coluna é bem grande.

 

Também inchei bastante, ainda decorrente da viagem longa e do calor do Brasil. Tem sido bem difícil me adaptar ao fuso horário dessa vez e acordo todos os dias as 6h da manhã. O que tem contribuído para meu cansaço, já que nunca vamos dormir cedo.

Semana 20

O bebê definitivamente está mexendo muito e agora não tenho dúvidas nenhuma. Tenho me sentido mais cansada, mas acho que porque as semanas aqui no Brasil em sido bem intensas com muita coisa pra fazer e muita gente pra ver, mais fuso horário.

image

Tenho seguido as recomendações da midwife e usado muito repelente, tentando evitar ser picada por mosquito.

Definitivamente perdi todo meu armário, calça ou vestido de antes da gravidez já não servem mais e estou apelando pro guarda-roupas da mana grávida e o que trouxe maior já pensando que isso mais cedo ou mais tarde aconteceria. Engraçado qur coloquei na mala umas peças que estavam servindo bem antes de eu sair de viagem que quando cheguei aqui, uma semana depois já não cabiam! O corpo muda muito mesmo e muito rápido.

image

Fomos pra praia e aproveitei pra pegar muita vitamina D, coisa escassa aqui no UK. Vida que pedi a Deus, praia, piscina, sol, calor e família reunida. Semana maravilhosa!

image

E notei que minha barriga deu uma boa esticada. Não dá pra disfarçar mais a gravidez ( não que eu quisesse), ela não passa despercebida.

Semana 21

A semana 21 foi de muita espectativa, afinal foi a semana que fizemos a principal e mais esperada ecografia da gravidez: a morfológica.

Nessa eco o médico analisa toda a formação do bebê, se ele desenvolveu o cérebro como esperado, se há indícios de sindrome de down, labios leporinos, se tem todos os dedinhos, se os orgãos estão trabalhando direitinho e tudo mais.

image

É um alívio bem grande ouvir que está tudo bem com seu bebê e que seu desenvolvimento está conforme o esperado.

Mas tínhamos um motivo a mais para estarmos ainda mais ansiosos por essa eco: saber o sexo do bebê!

E tcharam! Vamos ter um menino!!

image

Confesso que fiquei surpresa, minha mãe teve três meninas, minha irmã teve menina, minha outra irmã está grávida de menina, jurei que só teria menina na família. A casa das sete mulheres, como já brincávamos.

Mas como disse Júnior, já tem muita calcinha nesse varal, estava na hora de vir um cuequinha.

Ainda tivemos o chá da Isadora nessa semana, a priminha que vai nascer dois meses antes dele. Depois foi arrumar as malas e voltar pra casa.

image

Tenho sentido muita dores nas costas e no cocxis, mas pelo menos nessa viagem não peguei gripe.

Assim que chego na Inglaterra vou repetir o exame morfológico e confesso que não posso esperar pra ver meu menino de novo.

 

 

 

Bebê a Bordo

É isso mesmo, estamos esperando um bebê!

Nem preciso dizer que estou mega feliz e estava somente esperando passar o periodo de risco para anunciar aos quatro ventos que vou ser mamãe!

Tínhamos tomado a decisão de ter um bebê no final de 2016 e logo em janeiro eu estava grávida, foi aquele misto de alegria e nervosismo, afinal não estávamos esperando que fosse tão rápido.

Mas ai por algum problema de deselvolvimento do feto ele não se desenvolveu e com 9 semanas eu tive um aborto expontâneo.

Foi um processo bem longo e doloroso ( tanto psicologicamente como fisicamente) e só recebi alta dos médicos para tentar novamente final de agosto.

Minha sobrinha nasceu dia 11 de novembro e eu estava em casa de férias acompanhamdo o parto pelo Skype, já estava atrasada alguns dias e me ocorreu de fazer um teste que tinha em casa.

No início,  a lina era praticamente imperceptível que achei que nem fosse um positivo, mas aos poucos ela foi ficando mais forte e visivel.

Repeti o exame mais duas vezes naquela semana e a linha estava lá. Sem sombra de dúvidas, eu estava grávida!

Fiquei super feliz, mas também bem apreensiva depois da minha primeira experiência. Acho que é bem normal essa reação entre mães que já sofreram aborto expontâneo.

Tudo correndo bem e apesar dos enjoos eu estava me sentindo muito mais grávida dessa vez, mas ai as 8 semanas tive um novo sangramento. Estava saindo do banho quando percebi e fiquei muito assustada. Não saia da minha cabeça a idéia de que a história estaria se repetindo e por mais que Junior tentasse me tranquilizar e eu procurasse ser mais positiv a respeito, eu estava abalada.

Liguei pra midwife que é uma enfermeira parteira e faz seu acompanhamento da gravidez e eles agendaram uma ultrasson, enquanto isso, repouso absoluto.

Com a ultrasson, veio o alívio. O bebê estava bem, estava com desenvolvimento compatível com a idade gestacional e o coraçãozinho estava lá pulsando na tela.

image

O médico disse que o que estava causando o sangramento era um area de hemorragia que provavelmente ocorreu quando o ovulo se prendeu ao utero. Aparentemente, comum em muitas gestações.

Mesmo assim, peguei bem leve no meu primeiro trimestre por recomendação médica, parei com a academia, troquei as escadas pelo elevador sempre que possivel e fiz muitas orações e repouso.

Hoje estou com 17 semanas e imensamente feliz. Esse ano de 2017 vai ser um ano muito especial.

image

Pretendo fazer diarios de gravidez semanais pra documentar essa fase tão especial da minha vida e também fazer posts sobre como é ter um bebê na Inglaterra pelo sistema público de saúde daqui.

O post vai demorar um pouquinho pra ser publicado, pois minha familia no Brasil ainda não sabe da minha gravidez, estou indo pro Brasil em 10 dias e deixei pra contar pessoalmente quando chegar. Super ansiosa para ver a reação da minha mãe e irmãs.

 

 

 

Amsterdam

Depois de quatro meses de sumiço absoluto, cá estou eu na tentativa de ressuscitar o bloguinho. 2016 tem sido um ano bem difícil e apesar do meu ano ter começado de vento em poupa, as coisas foram degringolando e nunca quis tanto que um ano acabasse logo como esse! O post abaixo foi escrito em maio, mas só hoje tive ânimo pra editar as fotos e terminar. Espero que gostem! 

 

Não importa quantas vezes eu venha a Amsterdam eu sempre acho esse lugar incrível de uma energia incrível, cheia de vida!

Saímos de Bruxelas depois do almoço e chegamos no hostel no final da tarde debaixo de uma garoa fria. Depois do check in fomos bater perna no centro da cidade, sem rumo, passeando pelos canais, parando nas barraquinhas de souvenirs.

image

Caminhamos até o Red Light District já que nossos amigos estavam na cidade pela primeira vez. Na real não é muito confortável andar por lá, então não recomendo se você estiver sozinha. Afinal, a grande maioria lá são homens que estão atrás das mulheres que ficam na vitrine, uma mulher desacompanhada, infelizmente, vai atrair a atenção e sofrer assédio sem dúvidas.

image

Depois da janta, andamos muito pela cidade ainda toda decorada para o Natal.

image

O dia seguinte fomos cedo para a Casa da Anne Frank que eu queria muito conhecer, mas a fila estava imensa e fui vencida a deixar para uma próxima já que era nosso último dia na cidade e não queríamos perder o dia na fila que estava andando a passos de formiga. Lá dentro não é muito grande e o número de visitantes por vez é limitado. O máximo que consegui foi uma foto na frente da casa. Fica aí mais um motivo para voltar.

image

Estava muuito frio e como conhecer a casa da Anne Frank foi por água abaixo e o vento forte e gelado praticamento nos impossibilitava de caminhar pelas ruas confortavelmente, sugeri um passeio de barco pelos canais que foi rapidamente aprovado por todos.

imageimage

Adoramos! Suuper recomendo, o passeio dura 1 hora, tem um audio que vai narrando os principais pontos pelos quais passamos e o melhor, não custa os olhos da cara, não.

image

Levem porém, bebida e ou lanche já que o barco não fornece nem vende. Nossa cerveja acabou rapidinho e ficamos de bico seco o resto do passeio. rsss

image

Depois de almoçar, caminhamos pela cidade até as pernas não aguentarem mais então sentamos num pub tomar um café e nos esquentarmos um pouco.

image

image

Voltamos para o hostel bem mais cedo, lá pelas 7h da noite para descansarmos um pouco mais afinal teríamos que madrugar para pegar a estrada e chegar ao meio dia no Eurotunel. Vou fazer um post contando essa nossa experiência com o Eurotunel pra deixar registrado.